Arquivo da categoria: Plantas

HORTELÃ

Trouxe uma colega da formação para constatarmos as diferenças esquecidas….
<img src=”https://saidaslagunadeaveiro.files.wordpress.com/2014/06/hortelc3a3_-mentha-suaveolens.jpg” alt=”HORTELÃ_ Mentha suaveolens” width=”510″ height=”762″ class=”aligncenter size-full wp-image-1239″ />
Mentha suaveolens

HORTELÃ_

HORTELÃ-COMUM (Mentha spicata)

A Hortelã-comum (Mentha spicata L.), também designada como hortelã-das-hortas, hortelã-verde, hortelã-das-cozinhas, ou simplesmente hortelã, é originária da Ásia, mas é actualmente cultivada em todo o mundo, incluindo Portugal. A semelhança de outras espécies do mesmo género (Mentha), também a hortelã-comum é usada em culinária, como aromatizante em variados pratos, sendo também utilizada em infusões.
FONTE: http://obotanicoaprendiznaterradosespantos.blogspot.pt/2009/05/ervas-aromaticas-hortela-comum-mentha.html

PAMPILHO-DE-MICÃO (Coleostephus myconis)

Partilhou esta informação a colega Mónica Isabel Alves Valente. 😉 Obrigada. MUITO INTERESSANTE!

“Durante a saída de campo de sábado, vimos uma planta com flor amarela que na minha terra é chamada Pampilho. Aliás essa mesma planta deu origem ao nome da minha freguesia – Pampilhosa.
Quando pesquisei no google “Pampilho”, surgiu-me o seguinte Blog “O Botânico aprendiz na terra do espanto”, que me parece interessante. Aqui partilho o link:
http://obotanicoaprendiznaterradosespantos.blogspot.pt/2012/03/pampilho-de-micao-coleostephus-myconis.html&#8221;

Pampilho-de-micão * (Coleostephus myconis (L.) Rchb.f.
Planta herbácea, anual, da família Asteraceae, cujo caule, suberecto a erecto e ramificado pode atingir até 50cm de altura Apresenta folhas inferiores pecioladas e superiores auriculadas, umas e outras serradas e capítulos florais, com 2,5 a 4,5 cm de diâmetro, com flores exteriores liguladas e interiores tubuloso-campanuladas, umas e outras geralmente de cor amarela.
Nativa da Região Mediterrânica e do sul da Europa, foi introduzida no Uruguai, norte da Argentina e sul do Brasil, onde se encontra naturalizada.
É pouco exigente quanto à composição do solo, ocorrendo com maior frequência em relvados e pastagens, mas também pode encontrar-se em baldios, em campos cultivados ou incultos e à beira de caminhos.
Em Portugal é vulgar em todo o território do Continente.
Floração: de fevereiro a agosto.
*Também designada por Olhos-de-boi e Pampilho.

PAMPILHOSA Coleostephus_myconis

Mais informações em: http://www.flora-on.pt/#/1coleostephus+myconis

Dunas móveis do cordão dunar com Ammophila arenaria (“dunas brancas”)

FICHA A CONSULTAR2120- amophila arenaria

estorno

Dunas8

(Plantação de estorno)
Imagem1

(Folhas enroladas e flexíveis)

raizes amophila arenaria

marram-grass-leaf-section--ammophila-arenaria--80014662-m

Aspeto da folha ao ME de varrimento

mik054-amophilaarenaria

 

Aspeto da folha ao MOC

Detalhe Amophila arenaria

 

Plantação de estorno

dunas chorão e estorno plantação estorno2 plantação estorno-1