Arquivo da categoria: Uncategorized

Anúncios
__ATA.cmd.push(function() { __ATA.initSlot('atatags-26942-5b4ce044e4ec2', { collapseEmpty: 'before', sectionId: '26942', width: 300, height: 250 }); });
__ATA.cmd.push(function() { __ATA.initSlot('atatags-114160-5b4ce044e4ec5', { collapseEmpty: 'before', sectionId: '114160', width: 300, height: 250 }); });

Avaliação dos Alunos em Saídas de Campo

Numa saída de campo, COM OS ALUNOS, podem ser recolhidos todos ou um caderno de campo por grupo aconselhando-se uma prévia atribuição de pontos para cada tarefa. Esta informação tem de ser esclarecida bem, nas aulas de preparação da saída, sendo que é recomendável dar a 1/5 da duração total da saída tempo para rectificarem/organizarem os registos a entregar.

Na avaliação pode (deve!) estar contemplada um parte atitudional relativa a aspectos como (pontualidade; cumprimento de regras de segurança, de preservação do meio (ambiente, biológico, geológico, urbano,…), respeito pelos outro (população dos locais a visitar, colegas, monitores, professores,…), preservação de material e equipamento,…),… e/ou outros aspectos que acharem pertinentes. Deve ser previamente determinado o peso desta componente que poderá seguir a que é usada nos critérios gerais de avaliação da disciplina. A auto/ heteroavaliação, pelos elementos de grupos pode ajudar a aferir os registos significativos que fizermos-  é de toda a pertinência, além de actuarmos  de forma pedagógica, fazermos registos significativos, na hora, sobre “transgressões”.

GEOCACHING

É mais de que um jogo! É uma atividade viciante que liga o digital com o real, que pode ser jogado individualmente ou em grupo- em qualquer parte do Mundo! Como qualquer jogo… é preciso algum equipamento, há uma léxico próprio e regras que se não forem cumpridas podem custar a vida a quem o pratica- portanto… há que ter em conta os riscos, as nossas competências e o nosso estado físico! O melhor mesmo é não fazÊ-lo sozinho e seguir as regras de protecção individual quando saímos para o campo- embora haja muito jogo a poder ser jogado em ambiente citadino!

Mas…. MAIS do que um jogo é um RECURSO fantástico que pode ser explorado numa saída de campo. MAIS… podemos reinventá.lo usando os mesmos princípios usando uma plataforma criada por nós para esse efeito. Hein? ;)))

1.- Antes de mais… conhecer!, em várias locais pela net. Trocar impressões com jogadores ajuda muito! Ouvir as crianças 😉

2.- Depois fazer o registo em https://www.geocaching.com/

3.- Ter o Equipamento necessário: smartphone com dados móveis, aplicação gratuita instalada.

RECOMENDAÇÃO.- Para poupar tempo e recursos (dados móveis) devemos explorar o mapa das caixas antes de irmos para o terreno. Devemos ainda contar com (por vezes 10 minutos) para os satélites e o telemóvel/ aplicação dar as indicações corretas:

N.B.- Apesar de surgir agora, o conteúdo desta publicação, já foi passado numa sessão anterior às visitas. De parabéns está que andou no campo à procura da caixa no Sobreiro Centenário ;))) Na zona da Barra visitada há uma caixa virtual relativa à Laje dos Fósseis que pelo trabalho que desenvolveram estão em condições de a fazer. Tal como na Marinha da Fonte de Santiago (salinas). Tentem lá! 😉

Este slideshow necessita de JavaScript.